mentirabranca.info    Ennis Meier          

   Nosso e-mail ennismeier@gmail.com  (Lemos todos os e-mails, mas não publicaremos por enquanto)

 

"adventistas.ws" teve problemas técnicos no Provedor
                                              
(desculpem a nossa falha)




 
Desviar dinheiro do dízimo é prática comum na administração Adventista:

Veja o contrato da compra de um frigorífico: http://www.adventistas.com/agosto2002/frigorifico_iasd.htm
João Wolff assina o contrato. (um presidente corrupto da Divisão Sul Americana, de anos passados)

Recentemente na praça de São Paulo foi requerida a FALÊNCIA da SUPERBOM e a divisão pagou dívidas de 5 milhões de Reais, para evitar o escândalo !

       Clique a imagem

Lá pelo princípio da década do anos 80, a organização Adventistas tinha 550 milhões de dólares na Bolsa de Valores, como LASTRO das Companhias de Seguros. (Já colocamos o artigo de jornal denunciando)

Hoje a organização Adventista tem bilhões de dólares na Bolsa de Valores !
Mas sempre é pouco para fazer contratos grandes e para poder pagar os sinistros. Aí tem que recorrer aos resseguros e isso custa dinheiro e significa dividir o lucro.

Quanto mais dinheiro tiver na Bolsa de Valores, precisa recorrer menos aos resseguradores e vai ganha mais dinheiro !

http://www.adventistrisk.org/

https://www.youtube.com/watch?v=TS7EizIH00g

http://www.adventistrisk.org/
12 empregados em Brasília.

http://www.unibras.org/area_associado.html
Alpha Ville SP

http://www.viajesunibras.com/
Passagens

Nota: "Unibras will continue to operate by providing insurance services for the church", é o que diz acima o website oficial da adventistrisk.
 

Esse tesoureiro da Conferência Geral é muito ingênuo e pensa que ninguém sabe que as Divisões tem um "truque" para mudar o dízimo de nome. --- consta das PRAXES.
Consiste em mandar o dinheiro para um nível administrativo superior, que o dízimo volta com outro nome, e aí pode ser gasto em qualquer coisa !  (o dízimo passa por uma metamorfose)

 
  • Porque a organização Adventista precisa ter bilhões de dólares na Bolsa de Valores ?
     
    IRB BRASIL-RE – INSTITUTO DE RESSEGUROS DO BRASIL

    Conceito de Resseguro

    O resseguro é uma prática comum, feita em todo o mundo, como forma de preservar a estabilidade das sociedades seguradoras e garantir a liquidação do sinistro ao segurado.

    Avalie, por exemplo, quanto vale um satélite, ou, as jóias da coroa britânica? É possível imaginar o prejuízo da companhia seguradora do Titanic? Qual Seguradora poderia se responsabilizar pelo sinistro de um ou mesmo vários desses bens simultaneamente?

    Para responder e solucionar essas questões é que existe o resseguro. Como o nome sugere, resseguro é o seguro do seguro.

    Quando uma companhia assume um contrato de seguro superior à sua capacidade financeira, ela necessita repassar esse risco, ou parte dele, a uma resseguradora.
    Muitas vezes, os valores envolvidos nos contratos de seguro são tão altos que mesmo o resseguro necessita de cobertura. Nesse caso, a pulverização de risco é feita entre resseguradoras internacionais recebendo o nome de retrocessão. Quanto maior o valor do contrato, maior a necessidade de envolvimento de um grupo maior de empresas.

    Em outras palavras, nenhuma companhia de seguros pode dar garantias além do seu capital.

Há 3 decorrências:
1. Esses bilhões de dólares jamais voltarão para a finalidade para que foram doados. --- Um autêntico estelionato !
2. O lucro dessas Companhias de Seguros não revertem para as igrejas.
3.  Trata-se de UM JOGO, em que uma série de sinistros podem fazer evaporar todo esse dinheiro !
 



 

A sinagoga de satanás se confraterniza em São Paulo
Adventistas, católicos, protestantes, umbandistas, e espíritas, unidos no mesmo espírito !
 
A Babilônia em Assembléia
 
Veja Ted Wilson no vídeo abaixo:

https://www.youtube.com/watch?v=ZTbP9TbaM8&feature=player_detailpage#t=4
 


 


 


 

 
"Bosquímanos", apontados por Uriah Smith e confirmado por Ellen White, como sub-raça humana que teve origem no cruzamento de homens com animais.

 
 
O panfleto de Uriah Smith apontou os bosquímanos , hotentotes , patagônios, como exemplos de cruzamentos de homens com aimais.

Ellen White e James White por estarem de acordo, ajudaram na venda de 2000 panfletos.
Se Ellen White não estivesse de acordo, teve 47 anos de vida para contestar o folheto de Uriah Smith, e isso nunca aconteceu.

 Monteiro Lobato
A insinuação racista de Ellen White sobre a origem da raça negra, não vem isolada, havendo outros textos, que por muito menos o escritor brasileiro Monteiro Lobato corre o risco de ter seu livro "Sítio do Pica-Pau Amarelo"  banido das escolas, por ter comparado Tia Anastácia com uma  "MACACA".

Ellen White além de criticar os casamentos entre a raça branca e a raça negra, humilha a sua decendência.
A Bíblia não faz essa restrição, e Deus puniu severamente os que criticaram o casamento de Moisés com uma mulher etíope.
 
(Numeros 12:1 --- "cusita ou cuchita", povo de pele negra que viveu na Etiopia)
















            Tia Anast[acia

 



 

                                   
O "professor" deveria aprender a Ler !

A polêmica não se prende ao significado do termo "amalgamação",
e sim ao significado do texto, confirmado por Uriah Smith.


O rei da enrrolação !




https://www.youtube.com/watch?v=kVkytYY6HbQ&feature=player_detailpage#t=939

"AMALGAMATION" clicando acima vai direto ao ponto, mas se não for automaticamente ponha o índice no tempo 15:39

 





"But if there was one sin above another which called for the destruction of the race by the flood, it was the base crime of amalgamation of man and beast which defaced the image of God, and caused confusion everywhere." —Spiritual Gifts, Vol. 3, p. 64, 1864.

"Every species of animal which God had created, were preserved in the ark. The confused species which God did not create, which were the result of amalgamation, were destroyed by the flood. Since the flood there has been amalgamation of man and beast, as may be seen in the endless varieties of species of animals and certain races of men." —Spiritual Gifts, Vol. 3, p.75, 1864.


Onde conferir: http://www.ellenwhitebooks.com/

 


"
Mas se houve um pecado acima de outros que apelou para a destruição da raça pelo dilúvio, foi o vil crime de amálgama de homem e animal, que desfigurou a imagem de Deus e causou confusão por toda parte." - Dons Espirituais, vol. 3, p. 64, de 1864.


"
Todas as espécies de animais que Deus havia criado, foram preservados na arca. As espécies confusas que Deus não criou, que eram o resultado de amalgamação, foram destruídas pelo dilúvio. Desde o dilúvio, tem havido amalgamação de homem e animal, como pode ser visto nas infinitas variedades de espécies de animais e de certas raças de homens. "- Dons Espirituais, vol. 3, p.75, 1864.
 
Embora a palavra
"amalgama" seja específica para as misturas do metal MERCÚRIO, não há dúvida significar simplesmente  MISTURA nesse caso.

O "professor" desvia o foco da questão, pretendendo escapar por uma janela. (velhacaria)

Mesmo havendo instruções estritas do Senhor aos filhos de Israel para não se casarem com mulheres de nações vizinhas, não seria esse
"um pecado sobre todos os outros", e que por isso Deus destruiria a humanidade no dilúvio !

A descendência de Caim era da mesma espécie humana dos filhos de Sete; todos foram criados à 'Imagem de Deus'.

A proibição de casamentos com as filhas de outras nações, não foi relacionado na Lei dos 10 Mandamentos.
(o próprio Moisés se casou com uma estrangeira, e Deus puniu severamente os críticos)

Se Ellen White não tivesse concordado com as explicações dadas por Uriah Smith, ela não teria vendido o panfleto nas reuniões campais.

Ellen White  teve 47 anos de vida para contestar o panfleto de Uriah Smith, e isso nunca acontreceu.

A insinuação racista de Ellen White agitou as igrejas, sendo necessário um esclarecimento na Revista Adventista para acalmar o falatório, de que os negros eram produto do cruzamento de homens e animais.




 
 



O folheto de Uriah Smith desmente o professor da "Na Mira da Verdade" e confirma o erro de Ellen White.
Se Uriah Smith tivesse interpretado erradamente o que Ellen White escreveu, antes da sua morte teve 47 anos para contestar esse folheto e isso nunca aconteceu.

Para explicar Ellen White, Uriah Smith mencionou pigmeus da África, e tribos indígenas da Patagónia, confirmando que seriam o resultado de cruzamentos de homens e animais.
A intenção de Uriah Smith ao escrever o panfleto, era acalmar os comentários racistas que circulavam nas igrejas Adventistas, insinuados por Ellen White, de que os homens da raça negra foram o resultado do cruzamento de homens e animais.


CLIQUE para ler uma tradução Google do folheto.


http://www.truthorfables.com/Amalgamation.htm (em inglês)



 
As informações no artigo do professor da Andrews University, JERRY MOON são verdadeiras no que se refere a mudança de pensamento de Ellen White.
É o que temos repetido aqui há mais de 1 ano.
Ellen White é quem mudou, e se contradiz nas declarações, logo abaixo.

Os únicos que não entenderam ainda, são os não trinitarianos que ainda aceitam Ellen White.


Leia o artigo revelador do professor Jerry Moon, com tradução !
 

Clique:



 

  Quando os filhos de Jacó estiveram escravos no Egito, a única diferença que eles sabiam haver entre o Deus de Israel e a Trindade egípcia, Hórus, Osíris e Ísis, é que o Deus do céu era UM SÓ.

O que o professor Jerry Moon quer nos convencer é que Ellen White progrediu na direção inversa !  
Quer convencer que ela não sabia a suposta procedência de suas visões, e só 50 anos mais tarde ela concluiu que o deus que ela adorava eram vários.

O professor está certo ao afirmar que Ellen White MUDOU !

Os 'Pioneiros Adventistas', (referimos aos dissidentes) deveriam prestar bastante atenção na afirmação do professor Jerry Moon: -  ELLEN WHITE MUDOU PARA A TRINDADE !

Há muito tempo estamos afirmando: ELLEN WHITE MUDOU !



 

 

"Os mortos devem falar novamente"    Ellen White

 

"When men come in who would move one pin or pillar from the foundation which God has established by His Holy Spirit, let the aged men who were pioneers in our work speak plainly, and let those who are dead speak also, by the reprinting of their articles in our periodicals. Gather up the rays of divine light that God has given as He has led His people on step by step in the way of truth. This truth will stand the test of time and trial."   Ms 62, 1905, p. 6. (A Warning against False Theories, May 24, 1905.) (Ellen White, 1905, Manuscript Releases Volume One, page 55)

Tradução:

Quando o homem vier mover um alfinete do nosso fundamento o qual Deus estabeleceu pelo seu Santo Espírito, deixe os homens de idade que foram os pioneiros no nosso trabalho falar abertamente, e os que estiverem mortos falem também, reimprimindo os seus artigos das nossas revistas. Juntemos os ráios da divina luz que Deus tem dado, e como Ele guiou seu povo, passo a passo no caminho da verdade. Esta verdade permanecerá pelo teste do tempo e da experiência.
24 de Maio de 1905 - Manuscript Release Vol 1 pg 55.




 

 



     J.N. Lougborough.  - Adventist Review, 5 de Novembro de 1861    http://www.alvorada.us/0088.htm

    
     James White - Adventist Review, 6 de Julho de 1869.    
James White foi o marido de Ellen White e 3 vezes Presidente da Conferência Geral.
http://www.alvorada.us/0089.htm

     J.B.Frisbie  - The Advent Review ----"Restaurando Roturas", 4 de Abril de 1854.  http://www.alvorada.us/0090.htm



     James White -The Advent Review, 11 de Dezembro de 1855. 
http://www.alvorada.us/0091.htm



     James White - Review and Herald, 7 de Fevereiro de 1856. 
http://www.alvorada.us/aa.htm



      J.N. Andrews - Adventist Review, March 6, 1855. 

http://www.alvorada.us/revista10.htm


      James White - The Day Star, 24 de Janeiro 1846. 
http://www.alvorada.us/revista12.htm



      J.N Andrews - Advent Review, 5 de Agosto de 1852.  
http://www.alvorada.us/revista14.htm

 

     D.W.Hull  - Adventist Review ,10 de Novembro de 1859. 
http://www.alvorada.us/revista18.htm

 

     
R.F.Cottrell  - Advent Review, 6 de Julho de 1869.   
RF Cottrell era redator da Revista Adventista e quem escrevia a Lição da Escola Sabatina.
http://www.alvorada.us/revista30.htm



Joseph Bates wrote regarding his conversion in 1827, "Respecting the trinity, I concluded that it was impossible for me to believe that the Lord Jesus Christ, the Son of the Father, was also the Almighty God, the Father, one and the same being."

Joseph Bates escreveu com relação a sua conversão em 1827, "Com respeito a Trindade eu concluí ser impossível acreditar que o Senhor Jesus Cristo, o Filho do Pai Todo Poderoso, são um mesmo Ser."

Nota: Joseph Bates era Capitão da Marinha Mercante e esteve no Brasil antes de haver qualquer Adventista.


Urias Smith - But respecting this Spirit, the Bible uses expressions which cannot be harmonized with the idea that it is a person like the Father and the Son. Rather it is shown to be a divine influence from them both, the medium which represents their presence and by which they have knowledge ad power through all the universe, when not personally present.3
3Uriah Smith, “In the Question Chair,” Review and Herald, LXVII (October 28, 1890), 664.


"Mas com respeito ao Espírito, a Bíblia usa expressões que não podem se armonizar com a idéia que é uma pessoa igual ao Pai e ao Filho. Ao contrário mostra que é uma divina influência de ambos; o meio pelo qual se fazem representar e pelo qual se manifesta o poder através de todo o universo, quando não estão pessoalmente presentes."

Urias Smith foi o diretor das publicações Adventistas por quase 50 anos.


Há provas torrenciais de que os pioneiros eram unânimes contra a doutrina da Trindade.
Essa doutrina não fazia parte da doutrina Adventista, fato facilmente constatado nos Years Books oficiais daquela época.  (ao contrário, esses anuários oficiais negavam a tal doutrina)

 



NOTA: A revista adventista americana ao longo dos anos teve diferentes nomes,  sendo que todas as citações são da mesma revista.


 

 

 



 

Dízimo aplicado na Bolsa de Valores:  Clique